Em virtude da necessidade de suspender as atividades presenciais dos voluntários no Hospital Federal da Lagoa - HFL devido à pandemia e à quarentena imposta pelo governo em abril, o chefe do Setor Lagoa Voluntário, Dr Paulo César Cerdeira Campos, criou o Projeto de Tele Atendimento voltado para os pacientes oncológicos em tratamento no HFL.

Com o intuito de continuar acompanhando os pacientes à distância, esse projeto visa orientar os pacientes, pelo telefone, nos cuidados em relação à Covid-19, propiciar suporte emocional e procurar resolver eventuais problemas dos pacientes na marcação de consultas e exames no Hospital.

Foram selecionados para atuar no Projeto Piloto, cinco voluntários que já faziam parte dos trabalhos do Lagoa Voluntário do HFL, e que foram treinados pelo Dr. Paulo Cerdeira. Devido à grande aceitação do Projeto por parte dos pacientes, este estendeu-se a novos voluntários que, em grupos de cinco, foram treinados pelos que participaram do Projeto Piloto. Hoje, tem-se uma equipe de 25 voluntários em ação no Projeto.  

O recrutamento dos novos voluntários se deu, principalmente, através da plataforma Atados, onde 32 pessoas se inscreveram. Mais 8 voluntários chegaram através  do cadastro do Lagoa Voluntário e indicações de outros voluntários, atingindo-se o total de 40 pessoas inscritas.

Atualmente, cerca de 120 pacientes da oncologia são atendidos pelo Tele Atendimento.   

Lagoa Voluntário

X

Lagoa Voluntário

X

PARCEIROS

  • 1

PARCEIROS

  • 1
  • 2
  • 3